AGENDE UMA CONSULTA
(51) 3024.4665

A cirurgia bariátrica está associada a melhoria na função do tecido adiposo, em alguns casos de forma independente à perda de peso, de acordo com pesquisa publicada em junho na Obesity Reviews. Pesquisadores da Universidade de Michigan em Ann Arbor, e colegas examinaram como a fisiologia alterada do tecido adiposo podem contribuir para os efeitos metabólicos da cirurgia bariátrica.

Os investigadores descobriram que a fisiologia alterada do tecido adiposo tem efeitos específicos sobre vários depósitos de gordura – a função de adipócitos individuais – e a interação entre o tecido adiposo e outros tecidos metabólicos. A cirurgia bariátrica altera a distribuição adiposa, além de promover a perda de massa de gordura, com a gordura visceral se deslocando para o compartimento subcutâneo, favorecendo uma melhoria metabólica.

Além disso, houve ganhos em relação a lipólise controlada pela insulina e catecolaminas, com alterações na secreção de adipocinas. Algumas destas modificações ocorreram de forma independente da perda de peso e estes efeitos podem ser explicados por alterações no metabolismo do ácido biliar, na flora intestinal, e na regulação do metabolismo.

A conclusão é que a cirurgia bariátrica é capaz de melhorar a função do tecido adiposo e fazê-lo, em alguns casos, de forma que não pode ser inteiramente explicada pelos fortes efeitos da cirurgia.

 

Fonte: Frikke-Schmidt H, O’Rourke RW, Lumeng CN, Sandoval DA, Seeley RJ. Does bariatric surgery improve adiposity tissue function? Obes Rev. 2016.