AGENDE UMA CONSULTA
(51) 3024.4665

Normalmente as dietas estão cheias de restrições. Doces, pão branco, pizza e outras guloseimas são abolidas da alimentação. Porém, isso não é sustentável. Proibir alimentos só vai aumentar a vontade de comê-los. Por isso, uma boa reeducação alimentar precisa ter equilíbrio. Dessa forma, não há alimentos proibidos na dieta.

O grande segredo da alimentação saudável é mudar a nossa relação com a comida. É comer com prazer, mas com consciência. É saber fazer as escolhas certas e entender que há tempo para tudo. Uma dieta totalmente restritiva pode até funcionar, mas apenas por alguns dias. Por isso são tão comuns as “jacadas” e os efeitos sanfonas.

 

Na rotina é importante respeitar seus desejos e suas vontades e, na medida do possível, entender de onde elas vêm. Muitas vezes, o desejo por uma barra de chocolate pode ser uma crise de ansiedade que você está descontando na comida. Comer com culpa não é saudável e, mais do que o peso ideal, é preciso termos também saúde emocional para encarar os desafios do dia a dia.

 

Mocinhos e vilões da dieta

Não há mocinhos ou vilões na dieta. A batata inglesa não vai engordar você sozinha e o suco de limão em jejum não tem o poder de secar aqueles quilinhos a mais. Quando melhoramos nossa relação com os alimentos, percebemos que é possível ter equilíbrio e, se a vontade bater, podemos comer aquele pedacinho de chocolate.

O “terrorismo nutricional” está presente na mídia e na mente de muitas pessoas que chegam ao consultório em busca de emagrecimento. Focando em soluções milagrosas, há diversas modinhas: da chia ao chá de cavalinha, vários produtos já ganharam fama de seca barriga. Quem busca resultados rápidos se frustra e acaba prejudicando sua saúde. O verdadeiro segredo para uma vida saudável e feliz é investir na comida de verdade, exercitar-se e priorizar a sua saúde.

 

Neste processo de reeducação alimentar, busco mostrar aos pacientes que é possível comer de tudo, mas sem comer tudo. Aprendemos a fazer escolhas e a buscar a nossa melhor versão, sem perseguir padrões de beleza inalcançáveis. Estudamos o Mindfullness Eating e aprendemos a comer com consciência, selecionando os alimentos de acordo com as necessidades do nosso corpo, entendendo de onde eles vêm e que efeitos terão no nosso organismo. Não há milagres: emagrecimento é dedicação e planejamento.

 

Para se inspirar

Vou deixar aqui alguns links e páginas inspiradoras:

 

O Barriga Positiva – Perfil do Instagram muito divertido e que propõe reflexões muito importantes.

Menina Viva – Site com planners, agendas e outros materiais lindos que vão ajudar no planejamento e em uma melhor relação com o alimento.