Agendamentos/contato - (51) 3024.4665 | (51) 99644.0228 | Porto Alegre contato@marcelaferrao.com.br

Menu

Aumento da pressão arterial na gravidez influencia na obesidade infantil

Postado por em Obesidade no dia outubro 25, 2017


Estudo publicado no periódico Journal of Clinical Endocrinology & Metabolism, no mês de setembro, revelou que mulheres cuja pressão arterial aumenta durante a gestação podem ter maior risco de terem filhos obesos no futuro, mesmo quando a pressão arterial está dentro do intervalo considerado normal, conforme resultados de um estudo prospectivo. A  investigação realizada com mais de 85 mil mulheres e crianças mostrou que os filhos de gestantes hipertensas no segundo trimestre da gestação tiveram 49% mais chances de desenvolver sobrepeso ou obesidade na infância. Já no terceiro trimestre gestacional esse risco foi de 14% em comparação às gestantes com pressão normal. Mesmo entre as grávidas de pressão arterial normal, o risco de sobrepeso ou obesidade entre os filhos aumentou de 5% para 8%.
De acordo com o Dr. Ju-Sheng Zheng, PhD, da Qingdao University (China), e da University of Cambridge no Reino Unido, esse é o primeiro estudo a demonstrar que a pressão arterial elevada em gestantes está associada ao maior risco de sobrepeso e obesidade em seus filhos.  Portanto, o  médico ressaltou que as gestantes devem ser monitoradas para evitar oscilações importantes durante a fase intermediária e final da gestação,  o que pode ajudar a reduzir a probabilidade de obesidade nas crianças.
Aumento de pressão arterial no 2º e 3ºtrimestre em gestantes com pressão arterial normal

A obesidade infantil está associada a vários fatores de risco relacionados a gestação e com o início da vida, como: obesidade parental, peso ao nascer e ganho rápido de peso durante a infância. No entanto, embora alguns estudos tenham sugerido que os quadros hipertensivos durante a gestação tenham uma fraca relação com o índice de massa corporal (IMC) das crianças e com a obesidade, nenhum destes estudos examinou esta relação de modo prospectivo. Para investigar essa questão, um outro estudo realizado na região de Jiaxing, na China, avaliou uma mostra com 338.413 pares de mães e filhos no período entre 1999 e 2013.

Os pesquisadores informaram que os resultados confirmam algumas pesquisas anteriores e acrescentam novas evidências de que a pressão arterial materna durante o segundo e o terceiro trimestre da gestação estão associados ao sobrepeso e obesidade dos filhos de mulheres sem história de hipertensão arterial pré-gestacional.

 Fonte: Maternal blood pressure rise during pregnancy and offspring obesity risk at 4-7 years old: the Jiaxing Birth Cohort.  

Ju-Sheng Zheng, PhD, Huijuan Liu, MD, Ken K. Ong, PhD, Tao Huang, PhD, Yuhong
Guan, MD, Yuan Huang, PhD, Bo Yang, PhD, Fenglei Wang, MSc, Duo Li, PhD
Link estudo original: http://bit.ly/2x3o3Yj

Related Posts

Porto Alegre

Rua Soledade, 569 - Torre A - Sala 1005
Mãe de Deus Center - Porto Alegre/RS
contato@marcelaferrao.com.br
Agendamentos/contato - (51) 3024.4665 | (51) 99644.0228

Pré-agende a sua consulta, determinando dia e horário de sua preferência. Deixe seu telefone que entraremos em contato para confirmar o seu agendamento. Estacionamento rotativo no prédio.