Agendamentos/contato - (51) 3024.4665 | (51) 99644.0228 | Porto Alegre contato@marcelaferrao.com.br

Menu

Chocolate amargo pode auxiliar na dieta de restrição calórica

Postado por em Sem categoria no dia abril 06, 2015


Se você consegue lidar com as calorias e com o teor de gordura, um pedaço de chocolate amargo de vez em quando pode oferecer alguns benefícios à saúde. Novas pesquisas sugerem que o chocolate escuro e sem adição de açúcar pode auxiliar no controle da pressão arterial e dos níveis de colesterol no sangue, prevenir o diabetes tipo 2 e melhorar a saúde dos vasos sanguíneos.

O tipo de chocolate incorporado numa dieta de restrição calórica pode melhorar o metabolismo e estar associado a perda de peso. Estudo randomizado realizado pela Universidade da Pensilvânia com mulheres no período pré-menopausa e que apresentavam sobrepeso, concluiu que mulheres que consumiram chocolate amargo sem adição de açúcar melhoraram seus niveis de glicose e insulina no sangue.

Os estudos epidemiológicos sugerem que a ingestão de chocolate amargo está inversamente relacionada ao índice de massa corporal (IMC) e redução do colesterol e outros indicadores da síndrome metabólica. Além disso, estudos anteriores sugerem que o consumo de chocolate escuro, especificamente, pode ter efeitos benéficos.

O cacau é rico em minerais e fitonutrientes, ou seja, flavonóides, e devido ao maior teor de cacau, pode conferir os maiores benefícios metabólicos quando comparado com o chocolate ao leite ou branco.

O grupo de participantes que consumiu o chocolate, rico em substâncias conhecidas como flavonóides polifenólicos, apresentou associação positiva entre o consumo de chocolate amargo e o controle da  pressão arterial, por exemplo. Foi observada uma queda do colesterol ruim (LDL) e um aumento do bom colesterol (HDL) entre os participantes abaixo dos 50 anos de idade deste grupo.

Para a endocrinologista Marcela Ferrão, mesmo que o consumo moderado de chocolate pode ser benéfico no controle de peso, auxiliando na saciedade, além de auxiliar no combate a radicais livres e melhor controle de pressão arterial e níveis de colesterol no sangue. “Mas é importante enfatizar, que quanto maior a concentração de cacau (os benefícios são evidentes com chocolates cacau 70% ou mais), maiores níveis de gordura por porção, ou seja, se ingerido de forma “add libitum” favorece o ganho de peso e seus benefícios não perdidos pelos efeitos maléficos do excesso de peso. Em suma, consume com moderação”, ressalta.

Fonte: Changes in body weight, blood pressure and selected metabolic biomarkers with an energy-restricted diet including twice daily sweet snacks and once daily sugar-free beverage. Sharon M. Nickols-Richardson1, Kathryn E. Piehowski2 , Catherine J. Metzgar1 , Debra L. Miller3 and Amy G. Preston3 1 Department of Food Science and Human Nutrition, The University of Illinois, Urbana-Champaign, 260A Bevier Hall, 905 S. Goodwin Ave.Urbana, IL 61801 USA 2 Dietitian, 924 Washington St. SE, Albuquerque, NM 87108 USA 3 The Hershey Company, 1025 Reese Avenue, Hershey, PA 17033 US


Related Posts

Porto Alegre

Rua Soledade, 569 - Torre A - Sala 1005
Mãe de Deus Center - Porto Alegre/RS
contato@marcelaferrao.com.br
Agendamentos/contato - (51) 3024.4665 | (51) 99644.0228

Pré-agende a sua consulta, determinando dia e horário de sua preferência. Deixe seu telefone que entraremos em contato para confirmar o seu agendamento. Estacionamento rotativo no prédio.