Agendamentos/contato - (51) 3024.4665 | (51) 99644.0228 | Porto Alegre contato@marcelaferrao.com.br

Menu

Como buscar o emagrecimento com qualidade

Postado por em Emagrecimento no dia julho 21, 2014


Sejam bem-vindos ao meu blog!

A partir deste nosso primeiro encontro semanal quero poder de alguma forma ajudar dando dicas e informações a respeito de temas ligados à prevenção e ao tratamento da obesidade. Recebo, diariamente, no meu consultório e durante o atendimento nos serviços da Santa Casa de Porto Alegre e do Hospital São Lucas da PUCRS pacientes que buscaram, muitas vezes sem sucesso, o desafio de perder peso. Sabemos que não é uma tarefa fácil e nem da noite para o dia, mas um dos segredos é manter o foco e acreditar que “eu consigo sim, emagrecer!
Abaixo uma entrevista que preparamos para vocês internautas, onde falo sobre os erros mais comuns na hora de seguir uma dieta; qual a melhor forma de buscar o emagrecimento, reeducação alimentar, mudança de hábitos, uso de medicamentos para emagrecer e como manter o equilíbrio no dia-a-dia introduzindo novos alimentos e praticando atividade física.
Depois da leitura, inspire-se e mãos a obra!

Abraços!
Dra. Marcela Ferrão

 

Entrevista
1) Quem deseja emagrecer, geralmente experimenta vários tipos de dietas. Quais são os erros mais comuns? Existe uma associação distorcida entre fazer dieta e “passar fome”, ou seja, “fechar a boca”.

O primeiro erro do dia é não tomar café da manhã, seguido de pular refeições, além de substituir refeições por lanches ou shakes. Outra falha comum é não estabelecer horário para se alimentar, beliscar fora de hora, não fazer um intervalo mínimo entre as refeições, mastigar muito rápido e não prestar atenção aos tipos de alimentos escolhidos. É muito comum, também, as pessoas cortarem os carboidratos, passarem longos períodos em jejum, realizar dietas muito restritivas, fazer dieta durante a semana apenas, não praticar atividade física, realizá-la em jejum, não tomar água, fazer dietas da “moda”, restringir a alimentação durante o dia para compensar a “gula” à noite.

2) Buscar a reeducação alimentar é a melhor forma de emagrecer? A reeducação é o caminho mais seguro para a perda e a estabilização do peso.

A técnica consiste em mudar costumes e, por meio da repetição, incorporar novas práticas definitivas à nossa vida. Os princípios básicos são não ficar mais de quatro horas sem comer e ingerir alimentos de qualidade em vez das chamadas “porcarias”. Na verdade é permitido comer de tudo, mas alguns alimentos como doces, frituras e bebidas alcoólicas devem ficar apenas para ocasiões especiais.

3) A todo o momento chegam novas dietas prometendo milagres. Existe uma dieta ideal?

As dietas da moda chegam a ser uma agressão à inteligência humana, pois são dietas extremamente restritivas, sem nenhuma comprovação científica e de baixa densidade nutritiva, – que servem para gerar polêmica e vender uma imagem ou produto. Dietas extremamente restritivas levam à perda de peso rápido, às custas de perda de massa muscular e água, mais do que gordura, retardando o metabolismo e prejudicando o emagrecimento e a manutenção de peso. Sendo assim, estimulam um ciclo destrutivo: dieta-recaída-ganho de peso e queda da autoestima. A dieta ideal é aquela que você pode continuar a seguir para o resto da sua vida.

4) Como deve ser um programa de emagrecimento que funcione? A premissa número um para emagrecer é ingerir menos calorias do que gastamos. Mas eu diria que engajamento e determinação são peças primordiais. Quando falamos em reeducação alimentar, alguns hábitos necessitam ser modificados e isso leva tempo e exige persistência. Outros pontos importantes: a dieta tem que ser adaptada ao seu estilo de vida e exige planejamento. Dietas muito restritivas e monótonas estimulam a compulsão alimentar. Dessa forma, as expectativas e metas para emagrecer se tornam muito distantes. Existem alimentos saborosos e menos calóricos, receitas variadas e alimentos mais calóricos que podem ser ingeridos em situações especiais, mas exigem moderação e compensações. Reconheça seus sabotadores da dieta e comece a controlá-los.
5) E como uma pessoa pode saber quantas calorias gasta e quantas deveria consumir para perder peso?

Existem duas fórmulas mais adequadas para o cálculo de necessidade energética diária: uma delas é a Harris Benedict, que fornece o  metabolismo basal. Ela é ainda hoje uma das prediletas dos nutricionistas porque não superestima as calorias. Além disso, seu resultado pode ser avaliado pelo fator atividade física, no caso dos fisicamente ativos, e somados à ação dinâmica especifica (gasto adicional de energia para a digestão de alimentos), quando a alimentação é fracionada a cada três horas.
A segunda fórmula para o cálculo é a Taxa Metabólica Basal (TMB), que também pode ser multiplicada pelo fator de atividade física, de acordo com a intensidade do exercício. Ambas as fórmulas tem o peso como componente, o qual é apenas uma unidade de medida. Se a pessoa estiver modificando a composição corporal, ou seja, substituindo gordura por músculos, pode ficar mais pesada, mas não está engordando.
É importante a avaliação por métodos mais específicos como a bioimpedância, que permite a avaliação da composição corporal mais detalhada. Assim, pessoas com idade, sexo, nível de atividade física e peso semelhantes podem ter taxas metabólicas diferentes, conforme a constituição muscular de cada uma delas.

6) Por que é tão difícil depois de um regime manter o peso?

Mudar hábitos não é um processo simples quando comparamos com a facilidade de voltar aos antigos maus hábitos alimentares. Sem falar na motivação e persistência. Há um ponto importante a destacar: o nosso organismo tem memória biológica. Quando emagrecemos, nosso corpo encara isso como uma agressão e tenta retomar o peso anterior. É indicado fazer a manutenção do novo peso durante o mesmo número de meses dos quilos perdidos.


Related Posts

Porto Alegre

Rua Soledade, 569 - Torre A - Sala 1005
Mãe de Deus Center - Porto Alegre/RS
contato@marcelaferrao.com.br
Agendamentos/contato - (51) 3024.4665 | (51) 99644.0228

Pré-agende a sua consulta, determinando dia e horário de sua preferência. Deixe seu telefone que entraremos em contato para confirmar o seu agendamento. Estacionamento rotativo no prédio.