Agendamentos/contato - (51) 3024.4665 | (51) 99644.0228 | Porto Alegre contato@marcelaferrao.com.br

Menu

Como não ganhar peso na ceia de Natal?

Postado por em Obesidade no dia dezembro 24, 2016


Como evitar ganhar peso na ceia de Natal?

Durante as festas de natal e de fim de ano sempre há muita comida à mesa e provavelmente alguns quilinhos a mais, logo depois. Para evitar esta situação, confira nossas 10 dicas para comer e não engordar no natal:

1.Errado – Não comer nada no dia para economizar calorias

Pular algumas refeições para economizar calorias que você pretende consumir na ceia é um erro muito comum. As horas que você passa sem comer ou comendo pouco só servem para aumentar a fome, fazendo com que você exagere no jantar de Natal.

1. Correto – Comer algo leve para não chegar com fome

Antes de sair para a ceia, procure ingerir algo leve como um sanduíche natural ou barra de cereal, para evitar chegar à festa com muita fome e exagerar nos aperitivos. As outras refeições do dia devem ser feitas normalmente, de três em horas, evitando os exageros no jantar.

2. Errado – Comer todos os petiscos que estiverem na mesa

Ao chegar para a festa, é comum nos depararmos com diversos aperitivos para segurar a fome antes do jantar. Mas avançar o sinal pode levar ao exagero alimentar, pois muito desses alimentos são muito calóricos.

Correto – Escolher apenas os mais saudáveis

Caso queira comer, dê preferência às frutas frescas, oleoginosas e torradas integrais com patês de legumes, mas sem exageros.

3. Errado – Pular as entradas

Pensando em economizar calorias, muitos dispensam a entrada e partem direto para a refeição principal. O erro está em pensar que comer um prato a mais é necessariamente ingerir mais calorias, quando na verdade deveríamos apenas estar fragmentando a mesma quantidade.

Correto – Comer uma salada primeiro

Abuse das saladas antes de partir para os pratos principais As fibras da salada te deixarão mais saciado de uma forma saudável, evitando exageros nos pratos mais gordurosos.

4. Errado – Comer apenas as carnes

Os amantes do peru, do tender ou mesmo dos peixes preparados na ceia podem se identificar com esse erro. Com a desculpa de evitar os quilos a mais, é comum deixarmos os acompanhamentos de lado, comendo apenas um grande pedaço de carne, acompanhado ou não de uma salada. Entretanto, uma refeição feita apenas de carnes não é completa, além de aumentar a ingestão de gorduras saturadas, uma das vilãs do emagrecimento.

Correto – Acompanhá-las de uma guarnição

Os alimentos integrais, principalmente os grãos, são parte fundamental da refeição. O arroz integral, por exemplo, possui fibras que trazem maior saciedade e evitam picos de glicose no sangue, adiando a fome. Outros grãos como a lentilha, apresentam muitas fibras e proteínas, além de serem pobres em gordura, assim auxiliando na saciedade e impedindo o exagero nas carnes. A farofa é uma alternativa, podendo substituir os grãos no acompanhamento da carne sem diminuir o consumo de carboidratos. Uma boa dica é fazer o arroz integral com lentilhas e as farofas mais sequinhas, evitando bacon e linguiça.

 

5. Errado – Comer todas as opções de carne

A questão aqui é a mesma de comer apenas a carne: ao avançar em todas as opções disponíveis, você desequilibra sua refeição e acaba consumindo mais gorduras do que deveria, além de ficar com aquela sensação de estômago estufado durante toda a festa.

Correto – Opte pelas carnes mais magras

A orientação para o consumo de qualquer carne é que ela seja o mais magra possível. Dê preferência às carnes grelhadas, assadas ou cozidas e tome cuidado com coxas e sobrecoxas de aves, pois são muito gordurosas.

6. Errado – Exagerar no álcool

A ingestão elevada de álcool favorece a eliminação de vitaminas e minerais do nosso organismo pela urina. Além disso, as bebidas não são as melhores amigas da dieta, já que um grama de álcool tem cerca de sete calorias.

Correto: faça o um ponche

É possível aproveitar a festa e ainda ingerir bebidas mais divertidas, sem cair no refrigerante, suco ou água. “reparar drinks a base de frutas, sem álcool, são uma alternativa para a ocasião e evitam as bombas calóricas que são as bebidas alcoólicas.

7. Errado – Experimentar um pouco de cada sobremesa

Mousses, tortas, bolos, pavês e panetone são apenas algumas das tentações no dia de Natal que colocam a dieta em risco. O melhor é evitar sobremesas que possuem muito leite em sua composição, pois são mais calóricas.

Correto – Escolher apenas uma ou comer frutas
Uma sobremesa à base de gelatina, por exemplo, fará você ingerir poucas calorias. Frutas como damascos, ameixas, melão, pêssegos e kiwi são ótimas opções. É importante lembrar que as frutas secas e as castanhas, tradicionais nesta época, são alimentos bem calóricos e devem ser consumidos com moderação.

 

8. Errado – Seguir as receitas tradicionais e mais gordurosas

Farofa com bacon, porco à pururuca e peixe frito são algumas das receitas que imaginamos serem essenciais para o Natal, mas que somam muitas calorias. “Não adianta escolher as carnes e acompanhamentos mais magros se eles forem preparados com muita gordura.

Correto – Adaptar as receitas

Se você procura se alimentar de forma saudável, nada melhor do que modificar as receitas e substituir os ingredientes por opções mais magras. A ideia é rever as receitas e procurar versões mais light a partir de livros ou até mesmo na internet. Programe a ceia a partir de pratos leves com valores nutricionais definidos, como as calorias e gorduras por porção.

Fonte: ABRAN, Minha Vida

 

 


Related Posts

Porto Alegre

Rua Soledade, 569 - Torre A - Sala 1005
Mãe de Deus Center - Porto Alegre/RS
contato@marcelaferrao.com.br
Agendamentos/contato - (51) 3024.4665 | (51) 99644.0228

Pré-agende a sua consulta, determinando dia e horário de sua preferência. Deixe seu telefone que entraremos em contato para confirmar o seu agendamento. Estacionamento rotativo no prédio.