AGENDE UMA CONSULTA
(51) 3024.4665

Estudo publicado no periódico americano The Journal of Nutrition analisou a ingestão de snacks e determinou sua relação com o peso dos adolescentes e sua dieta. A investigação com 2.793 adolescentes no período de 2009 a 2010, em Minneapolis/Saint Paul, teve como objetivo a elucidação de importantes linhas de atuação e melhor orientação dietética na saúde pública e na prevenção da obesidade. Foram analisados a quantidade de snacks, a frequência com que são consumidos em casa, fora de casa e durante o momento em que os adolescentes assistem televisão, entre outros.
O resultado mostrou que dois terços dos entrevistados assumiram que geralmente consomem snacks  enquanto assistem televisão. Além disso, o consumo excessivo desses petiscos está diretamente associado a um alto nível de calorias, baixo consumo de frutas e vegetais e maior consumo de bebidas com excesso de açúcar. O estudo sugere que o consumo de lanches ricos em calorias são fatores de risco para o excesso de peso dos americanos.

Bibliografia: Adolescent Snacking Behaviors are Associates with Dietary intake and Weight Status.
Nicole I Larson4,*,
Jonathan M Miller4,
Allison W Watts4,
Mary T Story5, and
Dianne R Neumark-Sztainer4
4Division of Epidemiology and Community Health, School of Public Health, University of Minnesota, Minneapolis, MN; and
5Global Health and Community and Family Medicine, Duke Global Health Institute, Duke University, Durham, NC

Link:  http://m.jn.nutrition.org/content/146/7/1348.abstract