Agendamentos/contato - (51) 3024.4665 | (51) 99644.0228 | Porto Alegre contato@marcelaferrao.com.br

Menu

Dieta Detox: saiba a verdade sobre os produtos que prometem eliminar toxinas

Postado por em dietas no dia dezembro 29, 2014


BONS HÁBITOS DEVEM SER DURADOUROS PARA MANTER O ORGANISMO SAUDÁVEL

Apesar do alerta de especialistas, uma variedade cada vez maior de produtos que prometem eliminar toxinas chega ao mercado brasileiro e tem procura crescente. Em cápsulas de vitaminas e minerais, em sucos prontos para o consumo ou em barras de cereal, eles vêm acompanhados de uma série de promessas que, na maioria das vezes, termina em frustração. A endocrinologista Marcela Ferrão, do Centro de Obesidade e Síndrome Metabólica do Hospital São Lucas da PUCRS, destaca que apenas um programa alimentar equilibrado e permanente é capaz de evitar o efeito “sanfona” e promover a saúde, já que uma dieta saudável é rica em antioxidantes, fundamentais para manter o corpo em equilíbrio.

A explicação está no fato de que, no nosso organismo, o processo de oxidação é constante. São essas reações químicas que levam à produção de energia necessária para nossas atividades diárias. Entretanto, também levam à produção de radicais livres. Quando não há um equilíbrio entre a produção de radicais livres e o consumo de antioxidantes, pode-se ter o estresse oxidativo, que acelera o processo de muitas enfermidades crônicas e degenerativas – como doenças cardíacas, câncer, Alzheimer – e o processo de envelhecimento, explica a nutricionista Carla Haas Piovesan.

– Os vegetais e frutas devem estar distribuídos em um plano alimentar, e esse consumo deve ser diário. Não há a necessidade de fazer uma receita mirabolante passada no liquidificador em jejum às 6h. Se tu comeres uma deliciosa salada de alface, rúcula e abacaxi picado no almoço ou no jantar, assim como frutas distribuídas adequadamente ao longo do dia, terás todos os benefícios que esses alimentos podem dar – conclui.

UMA DIETA COM SUCOS, VEGETAIS E FRUTAS PODE ATÉ FAZER BEM, MAS NÃO HÁ COMPROVAÇÃO CIENTÍFICA DE QUE ELIMINARÁ AS TOXINAS DO ORGANISMO

Uma semana de dieta detox é aquela resolução de Ano-Novo que entrou aos 45 do segundo tempo depois da comilança que começou no Natal. Se você exagerou nos doces, salgados e, claro, nas bebidas alcoólicas, é bom pensar duas vezes antes de acreditar que esse tipo de mudança alimentar será capaz de fazer uma faxina geral no organismo, mandando embora toxinas e a culpa que vem de carona.

Moda entre os que buscam soluções instantâneas para tudo, a ideia de desintoxicar o corpo rapidamente por meio da alimentação vem despertando a preocupação de especialistas em diferentes áreas, que não encontram na ciência respaldo para tantas promessas milagrosas. A premissa desses tratamentos – que englobam cardápios à base de sucos, consumo de produtos vendidos em supermercados para limpar o organismo e até imersões em spas especializados – é de que a ingestão de frituras, alimentos industrializados e álcool libera toxinas que deixam o corpo contaminado, e que o organismo precisa de ajuda para eliminá-las. Para o bioquímico Jose Miguel Mulet, professor da Universidade Politécnica de Valência, na Espanha, e autor do livro Comer sin Miedo, isso não passa de uma estratégia comercial.

– Algumas pessoas podem estar com excesso de peso, cansadas, mas isso não significa que estão intoxicadas. Naturalmente, nosso próprio corpo se encarrega de eliminar toxinas. Temos órgãos para isso, como o fígado, os rins e o pulmão. A ideia de que podemos nos desintoxicar rapidamente com esses alimentos ou produtos detox não tem base científica – diz Mulet.

Corpo elimina sozinho as toxinas

É o que também defende David Bender, professor de bioquímica nutricional do University College London e autor de artigos sobre o tema. O especialista é categórico ao afirmar que o grande erro das dietas detox é a ideia de que o corpo não poderia lidar sozinho com a quantidade de toxinas que a vida moderna nos faz acumular.

– Muitos dizem que, por isso, nosso metabolismo fica mais lento e acabamos engordando, o que é absurdo. Se isso ocorresse, estaríamos contaminados, doentes e precisando ir ao hospital – explica.

MERCADO QUE CRESCE PELA LEI DO MENOR ESFORÇO
Mas, então, por que o mercado do detox cresce tanto? Para Mulet, o fenômeno faz parte de um estilo de vida imediatista, que procura resultados rápidos com o mínimo de esforço. Todos nós nos sentimos quimicamente sujos, vítimas da poluição das grandes cidades e do que ingerimos. E a indústria se aproveita disso. Para o comércio, desintoxicação é sinônimo de sucesso de vendas. – De modo geral, o termo detox é designado para “vender” uma ideia irreal de que o consumo da dieta fará uma limpeza imediata no organismo, emagrecendo, prevenindo o estresse e devolvendo a saúde perdida nos dias em que não se cuidou da alimentação.
O mais impressionante é que os trabalhos científicos, realizados em ambientes controlados, com testes tanto em laboratórios quanto em pessoas, nunca conseguiram comprovar isso – explica a nutricionista Carla Haas Piovesan, professora da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS). A especialista, entretanto, não descarta os benefícios que os sucos oferecidos nesses tratamentos podem trazer para o organismo. – O que precisa ficar claro é que misturar folhas verdes como a de couve com uma fatia de abacaxi, ou meia maçã, mais limão e gengibre é saudável, sim, mas não é milagroso. Não é remédio, não limpa o fígado nem o intestino. Esses alimentos trazem benefícios, mas não compensam os excessos. Sempre que tu optares por uma refeição com vegetais, terás benefício para o corpo. É muito mais saudável, por exemplo, começar o dia com um copo de suco preparado com alimentos frescos do que beber uma xícara de café preto com açúcar – reitera a professora Carla

Fonte: Entrevista concedida pela Dra. Marcela Ferrão ao Jornal Zero Hora


Related Posts

Porto Alegre

Rua Soledade, 569 - Torre A - Sala 1005
Mãe de Deus Center - Porto Alegre/RS
contato@marcelaferrao.com.br
Agendamentos/contato - (51) 3024.4665 | (51) 99644.0228

Pré-agende a sua consulta, determinando dia e horário de sua preferência. Deixe seu telefone que entraremos em contato para confirmar o seu agendamento. Estacionamento rotativo no prédio.