Agendamentos/contato - (51) 3024.4665 | (51) 99644.0228 | Porto Alegre contato@marcelaferrao.com.br

Menu

Estudo mostra que bebidas diet aumentam o risco de acidente vascular encefálico e demência

Postado por em Diet no dia maio 04, 2017


Novo estudo publicado no mês de abril no periódico americano on line Stroke revelou que o consumo de uma lata de refrigerante diet ou mais por dia está associado ao risco três vezes maior de Acidente Vascular Encefálico (AVE) e de demência em comparação às pessoas que não tomam bebidas com adoçantes artificiais. A avaliação foi feita ao longo de um período de acompanhamento de 10 anos.
De acordo com o autor da pesquisa, Matthew P. Pase, da Boston University School of Medicine em Massachusetts, existem muitos estudos sugerindo efeitos prejudiciais do consumo de bebidas adoçadas com açúcar, mas sem considerarem a possibilidade de que as bebidas diet possam não ser alternativas saudáveis. “Não conseguimos mostrar uma relação de causa e efeito neste estudo, pois o seu modelo é observacional, mas dada a popularidade das bebidas diet precisamos desesperadamente de mais pesquisas sobre este assunto”, ressalta.
Embora, Matthew Pase, não recomende parar o consumo de bebidas diet com base nestes dados, ele indica cautela – especialmente para as pessoas que consomem várias bebidas diet por dia. “Precisamos repensar o lugar destas bebidas”, diz. Conforme Pase, ainda não está claro se os refrigerantes diet estão causando AVE e demência ou se pessoas com problemas de saúde consomem mais essas bebidas do que as pessoas saudáveis.
Entretanto, a relação entre refrigerantes diet e demência não se tornou significativa quando combinada ao risco vascular. Segundo, o especialista, isso pode ter ocorrido porque os adoçantes artificiais podem estar aumentando os fatores de risco vascular. Ou então porque as pessoas com predisposição para fatores de risco vascular consumam mais refrigerantes diet, o que é perfeitamente possível, já que elas podem ter sido orientadas a reduzir o consumo de açúcar.
Outro estudo do mesmo grupo publicado no mês de março no periódico Alzheimer´s and Dementia, mostra a relação entre o consumo de bebidas adoçadas com açúcar ou adoçante artificial e a redução do volume do cérebro em uma mostra de participantes de meia-idade. Neste estudo transverso as bebidas contendo açúcar como os refrigerantes e os sucos de frutas, também foram associadas à piora da memória episódica (de fatos recentes) .
A pesquisa
Cerca de 4 mil pessoas participaram da consulta, que organizou dois grupos de estudo por faixa etária: 2.888 adultos com mais de 45 anos (para analisar a incidência de derrame) e 1.484 com mais de 60 anos (para avaliar os casos demência). Os dados, coletados por meio de questionários, foram cedidos pelo Framingham Heart Study, extenso projeto da Universidade de Boston sobre doença cardiovasculares.
Os pesquisadores analisaram a quantidade de bebidas e refrigerantes diet e normal ingeridas por cada participante, em diferentes momentos, entre 1991 e 2001. Em seguida, compararam com o número de pessoas foram vítimas de derrame ou demência num prazo de 10 anos . No período, foram observados 97 casos de acidente vascular cerebral (82 isquêmicos, causado por vasos sanguíneos bloqueados) e 81 de demência (63 compatíveis com Alzheimer).

Fonte:

Stroke. Publicado on-line em 20 de abril de 2017. Abstract , Editorial

Alzheimer’s & Dementia. Publicado on-line em 05 de março de 2017. Abstract


Related Posts

Porto Alegre

Rua Soledade, 569 - Torre A - Sala 1005
Mãe de Deus Center - Porto Alegre/RS
contato@marcelaferrao.com.br
Agendamentos/contato - (51) 3024.4665 | (51) 99644.0228

Pré-agende a sua consulta, determinando dia e horário de sua preferência. Deixe seu telefone que entraremos em contato para confirmar o seu agendamento. Estacionamento rotativo no prédio.