AGENDE UMA CONSULTA
(51) 3024.4665

Um estudo randomizado realizado entre outubro de 2016 e junho de 2017, inscreveu oito homens e 67 mulheres, de 25 a 75 anos, com índice de massa corporal (IMC) de 28 a 40 kg/m². Durante a investigação, os participantes da dieta vegana evitaram consumir produtos de origem animal e gorduras adicionais, e eles tomaram um suplemento diário de vitamina B12 (500 μg).
A pesquisa foi promovida pela Physicians Committee for Responsible Medicine, em Washington (DC) e mostrou que os participantes que tiveram uma dieta à base de verduras, grãos, legumes e frutas melhoraram significativamente a própria condição metabólica geral. Nos Estados Unidos estima-se que 30 milhões de americanos têm diabetes tipo 2, sendo que a previsão é de que um terço da população desenvolverá diabetes,
De acordo com os pesquisadores uma dieta vegana baseada em vegetais com baixo teor de gordura pode reduzir a gordura visceral e melhorar significativamente a função das células beta pancreáticas e a resistência à insulina, potencialmente reduzindo o risco de diabetes tipo 2.
A pesquisa mostra que o alimento realmente é um tratamento e que ter uma dieta saudável baseada em vegetais pode desempenhar papel importante na prevenção do diabetes.
Dieta vegana em relação à habitual
Estudos anteriores mostraram que a prevalência de diabetes é de 46% a 74% menor em pessoas que têm uma dieta baseada em vegetais, quando comparadas com consumidores de uma dieta composta por carnes, na população em geral, de acordo com a introdução do artigo.
Uma dieta vegana também melhorou o controle glicêmico no diabetes tipo 2 mais efetivamente do que as dietas com restrição de calorias e com baixo teor de carboidratos, observam os pesquisadores.
A resistência à insulina levando à redução da função das células beta pancreáticas é um fator-chave no diabetes tipo 2, embora o tratamento atual geralmente não seja focado na melhoria da função das células-beta, acrescentam.
A dieta vegana forneceu 75% da energia calórica a partir de carboidratos, 15% de proteínas e 10% de gorduras (20 a 30 gramas ao dia). Não houve restrição calórica na dieta vegana. Foi solicitado ao grupo controle que não fizesse alterações na dieta. No entanto, restringiu-se a ingestão de álcool em ambos grupos: uma dose ao dia para mulheres e duas ao dia para homens.
Fonte:
A Plant-Based Dietary Intervention Improves Beta-Cell Function and Insulin Resistance in Overweight Adults: A 16-Week Randomized Clinical Trial
Hana Kahleova 1,* OrcID, Andrea Tura 2, Martin Hill 3, Richard Holubkov 4 and Neal D. Barnard 1,5
Link para o estudo original:
http://www.mdpi.com/2072-6643/10/2/189