Agendamentos/contato - (51) 3024.4665 | (51) 99644.0228 | Porto Alegre contato@marcelaferrao.com.br

Menu

Estudo mostra que idosos obesos são estigmatizados

Postado por em Obesidade no dia dezembro 07, 2016


Estudo recente apresentado durante a Obesity Week 2016 avaliou idosos obesos com idade superior a 65 anos e verificou que muitos se sentem estigmatizados em razão do seu peso e evitam buscar auxílio médico. Além disso, a investigação também sugere que esta atitude dos idosos não é influenciada por deficiências funcionais.

De acordo com o pesquisador Janet Ho, MD, do Beth Israel Deaconess Medical Centro em Boston, as pessoas com maior Índice de Massa Corporal (IMC acima de 30) aponta que a percepção de serem estigmatizados perante seu médico pode se traduzir em efeitos clínicos significativos. Ele destaca que essa descoberta deve servir de alerta, principalmente, aos endocrinologistas, que muitas vezes são os principais especialistas que acompanham esses pacientes idosos.

Dr. Ho relata que estudos anteriores mostraram que o excesso de peso ou a obesidade podem ser uma barreira ao acesso, à utilização e à qualidade dos cuidados de saúde. Um exemplo são os pacientes obesos que demonstram taxas mais baixas de realização de cuidados recomendados como verificação e manutenção do diabetes e aos exames. Outra constatação é que pesquisas anteriores também constataram que as interações com grupos estigmatizados podem contribuir para as disparidades de acesso aos cuidados médicos e que os profissionais de saúde podem, às vezes, ter fortes opiniões negativas sobre as pessoas com obesidade. “O estigma por parte dos profissionais afeta a qualidade dos cuidados adequados e oportunos aos idosos”, destacou o especialista.

Para entender melhor a associação entre adultos com mais de 65 anos e sobrepeso ou obesidade e o efeito desse estigma, os pesquisadores analisaram fatores clínicos e demográficos de uma amostra de pacientes beneficiários do Medicare entre 2002 e 2012.

Dentre as constatações, esse estudo demonstra que uma das principais contribuições é de alertar que o estigma médico pode ser implícito e insidioso e que os pacientes com maior IMC podem perceber esse preconceito durante o tratamento, o que pressupõe novas abordagens e tratamento diferenciado a esses pacientes.

Fonte:

Ho J, Wee C. Obesity and healthcare avoidance among older U.S. Medicare beneficiaries. Abstract T-OR-2086. Presented at: ObesityWeek 2016; October 31-November 4, 2016; New Orleans, LA.

 

Link: http://bit.ly/2gTGmGe

 


Related Posts

Porto Alegre

Rua Soledade, 569 - Torre A - Sala 1005
Mãe de Deus Center - Porto Alegre/RS
contato@marcelaferrao.com.br
Agendamentos/contato - (51) 3024.4665 | (51) 99644.0228

Pré-agende a sua consulta, determinando dia e horário de sua preferência. Deixe seu telefone que entraremos em contato para confirmar o seu agendamento. Estacionamento rotativo no prédio.