Agendamentos/contato - (51) 3024.4665 | (51) 99644.0228 | Porto Alegre contato@marcelaferrao.com.br

Menu

Excesso de açúcar pode levar à depressão

Postado por em Acúcar no dia agosto 22, 2017


Um novo estudo mostrou que as dietas com alto teor de açúcar, ligadas ao consumo de refrigerantes e doces, podem estar associadas a um maior risco de problemas mentais comuns, como ansiedade e depressão leve. A pesquisa foi feita com homens. O trabalho, liderado por Anika Knüppel, do University College London (Reino Unido), foi publicada neste mês de agosto na revista Scientic Reports. De acordo com a pesquisadora, os resultados mostram efeito adverso de longo prazo na saúde mental dos homens em relação ao excessivo consumo de açúcar proveniente de alimentos e bebidas doces. Em estudos anteriores, essa combinação já havia sido apresentada. No entanto, até o momento, cientistas não sabiam se a ocorrência do problema mental desencadeava um consumo maior de açúcar, ou se os doces é que levavam à depressão.

Para descobrir se a voracidade por açúcar é causa ou consequência dos problemas mentais, os cientistas analisaram os dados de 8 mil britânicos com idades entre 39 e 83 anos, coletados por 22 anos para um estudo de larga escala. As descobertas foram feitas com base em questionários sobre a dieta e a saúde mental de participantes. Para um terço dos homens – aqueles com maior consumo de açúcar -, houve alta de 23% da ocorrência de problemas mentais após cinco anos, independentemente de obesidade, comportamentos relacionados à saúde, do restante da dieta e de fatores sociodemográficos.

O consumo de açúcar foi avaliado por 15 itens que incluem refrigerante, suco industrializado, doce, bolo, biscoito e açúcar adicionado ao café. Para homens, foi considerado alto consumo maior que 67 gramas por dia e, para mulheres, acima de 50. A Organização Mundial da Saúde recomenda uso máximo de 50 gramas por dia e aponta que o ideal é não passar dos 25.

Homens versus mulheres

Embora o estudo seja com homens e mulheres, a ligação de açúcar e doenças mentais apareceu só no grupo masculino. “Esse resultado foi bastante inesperado e não encontramos boa explicação para isso. Mas não é impossível que os resultados também se apliquem a mulheres. Estudo americano em 2015, exclusivamente com mulheres, também encontrou associação de alto consumo de açúcar e depressão”, disse a nutricionista Anika Knüppel do Departamento de Epidemiologia e Saúde Pública da University College London.

Fonte:

Scientific Reports: “Sugar intake from sweet foods and beverages, common mental disorder and depression: prospective findings from the Whitehall II study”. Science Media Centre. UCL Department of Epidemiology and Public Health

Link: http://go.nature.com/2uFs5kZ


Related Posts

Porto Alegre

Rua Soledade, 569 - Torre A - Sala 1005
Mãe de Deus Center - Porto Alegre/RS
contato@marcelaferrao.com.br
Agendamentos/contato - (51) 3024.4665 | (51) 99644.0228

Pré-agende a sua consulta, determinando dia e horário de sua preferência. Deixe seu telefone que entraremos em contato para confirmar o seu agendamento. Estacionamento rotativo no prédio.