Agendamentos/contato - (51) 3024.4665 | (51) 99644.0228 | Porto Alegre contato@marcelaferrao.com.br

Menu

Excesso de cálcio pode levar a doenças cardíacas

Postado por em cálcio no dia janeiro 27, 2015


Pesquisadores da Universidade de Uppsala, na Suécia, desenvolveram um estudo que causou preocupação. Depois de analisar histórico de saúde de mais de 60 mil mulheres ao longo de 20 anos, eles sugerem que a ingestão excessiva de cálcio pode estar associada a um risco aumentado para doenças do coração, como enfarte e Acidente Vascular Cerebral (AVC). Os dados foram obtidos a partir de registros de óbitos e da análise dos hábitos alimentares destas mulheres.

A pesquisa sugere que as taxas mais elevadas dessas mortes ocorreram em mulheres que tiveram média de ingestão de cálcio na dieta diária de mais de 1,4 grama. Por outro lado, as taxas de mortalidade mais elevadas do que a média também foram documentados em mulheres cuja ingestão diária de cálcio foi abaixo de 0,6 grama.

O estudo levou e conta atividade física praticada por essas mulheres, nível de escolaridade, histórico de tabagismo, álcool e outros fatores da dieta.

Contra-argumento

Em resposta aos estudos, o pesquisador Dr. John Cleland, argumentou, que os resultados do estudo são “extremamente complexos” e apresentam resultados bastante fracos. Cleland é da Faculdade de Medicina de Hull York, no Reino Unido.

Ele observa que os participantes do estudo que tiveram alta ingestão de cálcio foram aqueles que consumiam suplementos, e não as mulheres que comem seus valores diários de cálcio.

As pílulas são o problema

Para a especialista canadense, Carol Dombrow, os canadenses devem considerar o quanto de cálcio as pessoas estão consumindo em um dia. No estudo, as mulheres com alto risco para doenças cardíacas estavam consumindo mais de 1,4 g de cálcio por dia. Isso significa que não é o que as diretrizes recomendam. “O que este estudo faz é alertas as pessoas para o consumo exagerado, pois devem ser considerados os riscos individuais de cada um”. Dombrow salienta que as descobertas fazem sentido. Demasiado cálcio na  corrente sanguínea pode levar à calcificação vascular – um endurecimento do corpo – a um aumento do risco de coagulação do sangue e rigidez em suas artérias.

O cálcio é o mineral que compõe os ossos e dentes e os mantém fortes e saudáveis. A pesquisadora sugere que os canadenses entre 19 e 50 anos de idade devem consumir cerca de 1 grama de sódio por dia. Enquanto isso, as pessoas com mais de 50 anos devem incluir cerca de 1,2 grama em sua dieta, incluindo os suplementos. Um copo de leite representa cerca de um terço do consumo diário (300 mg).

A Dra. Marcela Ferrão lembra que todos os nutrientes não devem ser consumidos em excesso, assim como os suplementos que exigem orientação médica.

Fonte: British Medical Journal, Swedish Cause of Death Registry and the Swedish Mammography Cohort (BMJ2013;346:f228).

Reality check: How much calcium is too much?

Global News, 2013

Link: http://globalnews.ca/news/376296/reality-check-how-much-calcium-is-too-much/


Porto Alegre

Rua Soledade, 569 - Torre A - Sala 1005
Mãe de Deus Center - Porto Alegre/RS
contato@marcelaferrao.com.br
Agendamentos/contato - (51) 3024.4665 | (51) 99644.0228

Pré-agende a sua consulta, determinando dia e horário de sua preferência. Deixe seu telefone que entraremos em contato para confirmar o seu agendamento. Estacionamento rotativo no prédio.