Agendamentos/contato - (51) 3024.4665 | (51) 99644.0228 | Porto Alegre contato@marcelaferrao.com.br

Menu

Exercícios podem retardar o aparecimento do diabetes tipo 1

Postado por em Diabetes no dia outubro 29, 2014


Estudo desenvolvido pelo Instituto de Pesquisa Biomédica da Universidade de Birminghan, no Reino Unido (Inglaterra), constata que os exercícios podem ajudar a preservar a função das células beta do pâncreas em pacientes recém-diagnosticados com diabetes mellitus tipo 1. De acordo com os cientistas, a conclusão foi motivada por uma valorização da importância da secreção da insulina residual em pessoas com diabetes mellitus. Eles observaram que outros estudos ligados ao diabetes mellitus tipo 1, que envolvem imunoterapia e visam preservar a função das células beta têm demonstrado potencial para provocar danos.

A revisão analisou 706 artigos referentes aos efeitos do exercício físico na preservação das células beta do pâncreas, em adultos saudáveis ​​e em diferentes fases do diabetes tipo 2. Os dados adquiridos da Biblioteca Cochrane e Medline entre os anos de 2009 e 2014 mostraram evidências de que o exercício pode preservar a função das células beta. Mas quando há perda de células beta em ambos os tipos de diabetes, a causa subjacente é diferente. Isso reforça a necessidade de realização de pesquisa para descobrir se o exercício atua no diabetes mellitus tipo 1.

Preservação da função Beta-Cell

O estudo demonstra que o exercício pode preservar a função das células beta em pessoas sem diabetes, aqueles com intolerância à glicose e em pessoas com diabetes mellitus tipo 2.

Outra pesquisa (STRRIDE) que demonstra boas evidências de que o exercício preserva a função das células beta avaliou 179 pessoas de meia-idade em situação de risco para diabetes tipo 2 e exigiu que os participantes praticassem caminhada por uma hora, três vezes por semana, durante 8 meses. O resultado é que o exercício proporcionou melhora da função das células beta em 60% dos casos.

Dra. Marcela Ferrão, explica, que o exercício pode aumentar a agentes anti-inflamatórios e diminuir agentes inflamatórios. Porém as evidências atuais são extrapolações do efeito do exercício em outras condições de auto imunidade.  Pesquisas específicas sobre o efeito do exercício sobre as células beta no diabetes mellitus tipo 1 ainda são necessárias.

 

Fonte: Becky McCall/October 23, 2014

Medscape Medical News

 


Related Posts

Porto Alegre

Rua Soledade, 569 - Torre A - Sala 1005
Mãe de Deus Center - Porto Alegre/RS
contato@marcelaferrao.com.br
Agendamentos/contato - (51) 3024.4665 | (51) 99644.0228

Pré-agende a sua consulta, determinando dia e horário de sua preferência. Deixe seu telefone que entraremos em contato para confirmar o seu agendamento. Estacionamento rotativo no prédio.