AGENDE UMA CONSULTA
(51) 3024.4665

Pesquisa americana publicada no periódico Journal of the American Geriatrics Society e realizada com dados de 749 adultos com mais de 65 anos no período de dez anos, mostra que a circunferência abdominal de idosos que consumiam refrigerante diariamente mais do que dobrou (2,11 centímetros), em comparação às medidas daqueles que tomavam buy generic viagra online no prescription refrigerante diet ocasionalmente (crescimento de 1,83 centímetro).

A descoberta eleva a preocupação sobre o consumo crônico de refrigerante, que pode elevar o risco de síndromes metabólicas e doenças cardiovasculares, já alto em pessoas dessa faixa etária.

A surpresa da pesquisa é que não foram encontradas evidências significativas entre o consumo de refrigerante “normal” e a expansão da gordura abdominal. O dado é preocupante porque a gordura localizada no abdômen, chamada visceral, está associada ao aumento de doenças cardiovasculares, inflamações e diabetes tipo 2.

De acordo com a Dra. Marcela Ferrão, endocrinologista e mestranda em Nutrologia, provavelmente esta associação sofra viés de aferição, dado o crescente consumo de alimentos light/diet como substituição aos alimentos “normais”. “As pessoas não engordam pelo consumo do refrigerante diet, mas sim pelo excesso calórico diário e a falta de atividade física”, diz a médica. E completa: “A ingestão de líquidos gaseificados, mesmo que de baixa caloria, propiciam o aumento de peso, provavelmente, pela distensão estomacal e necessidade crescente de maior quantidade de alimentos para atingir a saciedade”, conclui.

Fonte:

Diet Soda Intake Is Associated with Long-Term Increases in Waist Circumference in a Biethnic Cohort of Older Adults: The San Antonio Longitudinal Study of Aging. Sharon P.G. Fowler MPH1, Ken Williams MS1,2 and Helen P. Hazuda PhD1.  Article first published online: 17 MAR 2015

 

Link: http://onlinelibrary.wiley.com/doi/10.1111/jgs.13376/full