Agendamentos/contato - (51) 3024.4665 | (51) 99644.0228 | Porto Alegre contato@marcelaferrao.com.br

Menu

Vitamina D3 previne e trata infecções respiratórias agudas

Postado por em Vitamina D no dia junho 07, 2017


A importância da vitamina D para a saúde dos ossos é essencial, porém esse hormônio esteroide também tem grande utilidade para os músculos, os nervos e o sistema imunitário. A carência de vitamina D tem alta prevalência, sendo considerada como problema de saúde pública que pode comprometer até 90% das pessoas em algumas populações.

Estudo publicado no periódico British Medical Journal analisou dados de ensaios clínicos randomizados e avaliou o efeito global da complementação nutricional com vitamina D2 ou D3 em relação ao risco de infecção aguda do trato respiratório e quais os fatores que modificariam este efeito. Esta relação é muito importante: só na Inglaterra estas doenças são responsáveis por cerca de 300 mil internações hospitalares ao ano. Foram consideradas as infecções respiratórias agudas altas e baixas.

Os pesquisadores avaliaram dados individuais de pacientes provenientes de 25 ensaios clínicos randomizados, totalizando 11.321 participantes na faixa etária de zero a 95 anos. O estudo mostrou que o uso de complementos de vitamina D reduziu o risco de infecção aguda do trato respiratório entre todos os participantes.

Os efeitos protetores do complemento de vitamina D foram mais fortes para aqueles com níveis séricos mais baixos de vitamina D (< 25 nmol/L) do que para os participantes com níveis iguais ou superiores a 25 nmol/L. Não houve eventos adversos sérios relacionados com a vitamina D. Os dados das evidências utilizadas nesta análise foram considerados como sendo de alta qualidade.

O estudo concluiu que a complementação nutricional com vitamina D é segura e protege contra as infecções agudas do trato respiratório, principalmente para as pessoas que ainda não uitlizam esta complementação ou têm deficiência de vitamina D. Segundo recomendação do Consenso da Sociedade Brasileira de Endocrinologia os níveis séricos considerados adequados são acima de 30 ng/mL.

Onde encontrar a vitamina D?

A vitamina D pode ser obtida em alimentos como peixes ou óleos de peixe (sobretudo salmão, atum e sardinha), ovos, ostras, suco de laranja, cogumelos comestíveis e fígado bovino, mas a maior parte é obtida pela exposição direta ao sol, prejudicada desde o advento dos filtros solares. Por isso a recomendação atual do governo inglês é que todos “considerem” tomar suplementos diários de vitamina D3. Países como a Finlândia já “fortificam” alimentos com vitamina D3.

No Brasil a exposição solar é mais fácil do que nos países do norte, mas ela nem sempre é possível nos horários nos quais a exposição não implica risco de câncer de pele e pode ser feita sem protetor solar, de modo que também há indicação de usar complementos de vitamina D com acompanhamento médico.

 

Fonte:

Vitamin D supplementation to prevent acute respiratory tract infections: systematic review and meta-analysis of individual participant data

BMJ 2017; 356 doi: https://doi.org/10.1136/bmj.i6583 (Published 15 February 2017)Cite this as: BMJ 2017;356:i6583

 

Link: http://bit.ly/2kAZl6x

 

 

 


Related Posts

Porto Alegre

Rua Soledade, 569 - Torre A - Sala 1005
Mãe de Deus Center - Porto Alegre/RS
contato@marcelaferrao.com.br
Agendamentos/contato - (51) 3024.4665 | (51) 99644.0228

Pré-agende a sua consulta, determinando dia e horário de sua preferência. Deixe seu telefone que entraremos em contato para confirmar o seu agendamento. Estacionamento rotativo no prédio.