AGENDE UMA CONSULTA
A importância do Café da Manhã - Imagem Post

A obesidade é considerada uma das principais questões de saúde da atualidade e é reconhecida como a forma mais prevalente de desnutrição no mundo, além de ser associada ao aumento do risco de doenças crônicas (doenças cardiovasculares, diabetes e osteoartrite).

Embora as estratégias voltadas à prevenção e controle da obesidade devam ser multifatoriais, muitas recomendações alimentares sugerem a inclusão regular de café da manhã para o controle do peso. Essas recomendações são muitas vezes derivadas da presunção de que pular o café da manhã leva a pessoa a fazer uma compensação, ingerindo mais comida durante o dia.

Um estudo examinou as evidências de ensaios clínicos controlados e randomizados sobre o efeito do consumo regular de café da manhã na mudança de peso (perda de peso/ganho de peso) e ingestão diária de energia. Os participantes que tomaram café da manhã tiveram uma ingestão total de energia diária mais alta do que aqueles designados para pular o café da manhã (diferença média 259,79 kcal/dia).

No entanto, dados também sugerem que essas descobertas sobre o consumo regular de café da manhã refletem um estilo de vida saudável mais amplo, se tratam daqueles indivíduos mais conscientes da saúde e de um nível socioeconômico mais alto, que provavelmente tomam café da manhã como parte de fazer escolhas alimentares saudáveis.

Portanto, é necessário cautela ao recomendar o café da manhã para perda de peso em adultos, o efeito pode ser oposto. Como eu sempre digo por aqui, cada pessoa é um caso único e deve ser tratado como tal.

E vocês, me contem, tomam café da manhã?

Agende sua consulta aqui

Fonte: BMJ 2019;364:l42